2005-11-15

o alimento do amor

O amor e o paladar estão intimamente ligados. Não há melhor condimento para a culinária que se cozinhar com afectividade. Fazer de comer todos os dias desgasta as vontades e os gostos, por isso, muitas vezes a comida da casa vizinha é bem mais saborosa porque é simplesmente diferente. A rotina desgasta não só as relações como os próprios hábitos que se vão tornando cada vez mais pesados.
Não deve haver nada de mais afrodisíaco do que seduzir alguém pela gula. A luxúria ao fim dum tempo esgota-se em si mesmo. A gula, desde que não enfarde, é um aliado poderoso para adoçar as relações familiares e amorosas.
Quando estou sozinha, como qualquer coisa, o que houver, mas quando tenho companhia, gosto de caprichar. A minha especialidade são os doces, talvez por ser amorizade...
E tu, ligas o amor a certos sabores?

10 comentários:

Blogger Yardbird disse...

Eheheh!Morangos, chantilly, champanhe. Não achas que ligam bem?
Beijinho grande

11/15/2005 05:08:00 da tarde  
Blogger ponto azul disse...

Penso mais na comida que é feita com Amor...e também depende da companhia, é claro!Até pode ser uma simples omolete, mas com amor no meio....hum!Bjs :-)

11/15/2005 05:15:00 da tarde  
Blogger nana disse...

Quem leu "Como àgua para Chocolate" da Laura Esquível tem bem presente a ligação!!A Isabel Allende também tem o Afrodite com receitas e histórias.
na prática, não passo muitas horas a cozinhar, quando me calha, esforço-me!!
Sendo que " a fome é o melhor tempero", e a prática conduz à perfeição!!

;)

11/15/2005 05:41:00 da tarde  
Blogger katraponga disse...

Bem, há a confecção e o deglutir... cozinhar agarradinhos parece-me bem. Desde que não se ceda a tentações e se consiga chegar ao fim, claro!

Mas em termos de comida, gosto das coisas simples. Se ligar o amor a certos sabores, são sempre coisas simples. O pão acabado de fazer, de manhãzinha, comido a meias. O vinho tinto, num fim de tarde, a olhar o rio (Sena, claro!). E, na madrugada gelada do inverno, desayunar churros imersos em chocolate quente.

11/15/2005 07:09:00 da tarde  
Anonymous Sou o Eco de mim mesma! disse...

chocolate! =)

11/15/2005 08:52:00 da tarde  
Blogger wind disse...

Morangos:) muito banal;)

11/15/2005 09:04:00 da tarde  
Blogger Alegrao disse...

Acho que o paladar está intimamente ligado ao amor pela companhia. O amor dedicado ao "caprichar" na confecção de uma refeição está intimamente ligado ao gosto de quem a saboreia.

11/15/2005 11:32:00 da tarde  
Blogger Atlantys disse...

Tal como a Nana lembrei-me imediatamente do Como Água Para Chocolate da Isabel Allende. Mas o sabor do amor é definitivamente o chocolate em todas as suas formas hehehehe
PS: Eu gosto (muito) de cozinhar. Para mim é uma autentica terapia, quando estou com a telha os "tachos" é que sofrem lol

11/16/2005 09:19:00 da manhã  
Blogger Vulcão disse...

Pois eu também gosto de fazer bolos!
Cheios de amor! :)

11/16/2005 10:26:00 da manhã  
Anonymous Fernando F disse...

pobre

11/16/2005 11:15:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home