2005-12-15

considerandos sobre o amor XVIII

Edmund Blair Leighton Há em certas relações amorosas jogos de submissão e poder. Esses jogos são particularmente excitantes na sedução. Há um certo frisson em caçar-se e ser-se caçado. Dois olhares cruzam-se: um deles domina e o outro submete-se. Um deles controla a mente e o corpo e o outro abandona-se. Enquanto um faz o papel de deus, o outro deixa-se escravizar. Um é adorado e o outro idolatra. Há como uma hierarquia de poderes. O problema é quando essa hierarquia se institui numa relação: há um que domina sempre e outro que se submete invariavelmente. Sei que há quem goste desses jogos de poder e que as praticam. No outro dia, fiquei a saber o que era boundage (eu sei que sou tótó) e não entendo qual é a piada de se ficar toda amarrada com fitas autocolantes como um chouriço atado ou então de amarrar alguém. Sei que há sado-masoquismo, que há quem goste de bater e quem goste de ser espancado, mas não entendo. Comigo, uma relação só pode funcionar havendo igualdade: ora cedo eu, ora cedes tu. Ora decido eu, ora decides tu. Ou decidimos e cedemos os dois. Posso até jogar mas nunca serei totalmente submissa nem dominadora. Acho que não há nada de mais desexcitante que rotinas que se instalam numa relação, acomodações a certos papéis e deixar de desafiar e aceitar desafios. Mas, na verdade, há quem preconize que entre dois adultos vale tudo desde que queiram. O problema é se o querer é mesmo assumido ou pressionado a querer...

3 comentários:

Blogger wind disse...

Tal como tu não entendo o sado-masoquismo, sempre me fez impressão. Mesmo na sedução não concordo que um domine e o outro se deixe levar. Na relação em si, é como escreveste, partilha, de igual para igual e cedência de parte a parte.

12/15/2005 12:56:00 da tarde  
Blogger Loopy disse...

lol tu e as tuas expressões "amarrado como um chouriço"... lolololololololol... devias legendar filmes porno eheheheheheh *inhos

12/16/2005 02:45:00 da tarde  
Blogger jacky disse...

Também penso assim, wind :)

:D loopy, nunca se sabe... Pode ser que um dia desses me dedique à diat legendagem loooooool

12/18/2005 10:57:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home