2005-11-09

Mágoa

Já me aconteceu muitas vezes e de cada vez que acontece sinto-me magoada. A intensidade varia conforme o afecto que sinto pela pessoa.
Não sei se sabem mas sou formada em Línguas e Literaturas Modernas e sou professora de Português. Acho que tenho conhecimentos e formação suficiente para opinar se um texto é bom. Por isso, quando digo a alguém que escreve bem e a pessoa diz que não é verdade e que estou a ser simpática, sinto-me muito frustrada. Sei que o diz, às vezes, porque foi massacrado por professores de português durante a escolaridade, porque tem falta de auto-estima, porque é perfeccionista ou porque nunca foi elogiado.
Mas eu não tenho por hábito dizer a alguém, que escreve bem por simpatia. Não sou nenhum banco! As pessoas que me conhecem pessoalmente podem confirmar que sou demasiado sincera para isso. Chego até a ser desagradável com a minha franqueza. Se não gosto e não quero magoar a pessoa, simplesmente não opino.
O que será preciso fazer para que acreditem que digo o que penso? Claro que há gostos para tudo e eu tenho uma sensibilidade estética própria. Será que tenho de dizer que tive 14 de média na FLUP, o que corresponde a um 16-17 em escalas normais? Que fui a 3ª melhor aluna do meu curso? Que as cadeiras a que tive melhores resultados não eram as de «marrar» mas as de interpretar, pensar e de crítica textual? Não era escusado eu estar aqui a gabar-me?...
Fico magoada quando alguém não confia nas minhas críticas textuais, ao fim e ao cabo, é como passar-me um atestado de incompetência... :(

7 comentários:

Blogger Sunrise disse...

Ninguém, no seu perfeito juízo te passa um atestado de incompetência... :)

Pensa que nem todos são como tu e a escrita, boa ou má, expõe sempre algo de quem a escreve, e há quem não consiga lidar bem com isso.

11/09/2005 07:59:00 da manhã  
Anonymous charlie disse...

És um ser Humano lindo...´
A alma esta-te à flor da pele e vejo-te nas letras que teclas uma aura de excelencia e humanidade.
Sabes o que eu penso do conceito de felicidade. Cada pessoa tem o seu universo proprio, com os seus valores. Digo-te só algo que tem sido uma das minhas linhas de conduta: Nunca tentes agradar a todos. Haverá sempre quem não goste de nós. Mas se mesmo entre todas as pessoas do mundo houver só uma a quem agrademos,já tera´valido a pena. E não é o teu caso. Muita gente gosta de ti e eu proprio me insiro nesse universo de almas que se sentem melhores quando te leem.
Força e para a frente.
Sempre

11/09/2005 09:11:00 da manhã  
Blogger wind disse...

Não te deixes ir abaixo. Não ligues ao que dizem e pensa em ti. És demasiado franca para mentir e tens bastante sensibilidade. Força e borrifa no resto.

11/09/2005 10:00:00 da manhã  
Blogger mad disse...

O problemas está na pouca auto-estima das pessoas e não em ti.
Se continuares a ser a pessoa que és terás daí grandes frutos. Acredita. Beijinhos para ti e para o teu filhote.
(o teu filhote de certeza que tem em muita conta a tua opinião e se assim é nada mais importa)

11/09/2005 10:59:00 da manhã  
Blogger Carlota disse...

Há quem não saiba ouvir elogios e acaba por subestimar a opinião dos outros. Acho que não deves interiorizar muito essa mágoa. Quem precisa de ajuda para a sua auto-estima é a outra pessoa e não tu. Tu sabes bem o que vales.

11/09/2005 11:00:00 da manhã  
Blogger ponto azul disse...

Eu confio em todas as tuas críticas...Bjs :-)

11/09/2005 11:38:00 da manhã  
Blogger jacky disse...

:) Obrigada. Era só um desabafo. Não estou zangada com ninguém, apenas fiquei um pouco triste ontem porque somei todas as vezes que não aceitaram os meus elogios à escrita alheia.

Beijinhos sunrise, charlie, wind, mad, carlota e ponto azul
:)****

11/09/2005 12:13:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home