2005-12-03

considerandos sobre o amor XV

Nunca quis ser objecto sexual de alguém. A ser objecto, prefiro ser objecto erótico. Ser-se objecto sexual é equivaler a um vibrador ou a uma boneca insuflável. Ser-se objecto erótico vem da sugestão que reside nos pensamentos de cada um. Não quero ser só corpo, quero ser intelecto também...

2 comentários:

Blogger wind disse...

Ora bem, escreveste tudo!

12/03/2005 04:05:00 da tarde  
Blogger jacky disse...

:)

12/05/2005 01:14:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home